Max Ferreira, Advogado

Max Ferreira

Rio de Janeiro (RJ)
1seguidor4seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

www.mferreira.adv.br

Principais áreas de atuação

Direito do Consumidor, 9%
Contratos, 9%
Direito Administrativo, 9%
Direito Securitário, 9%
Outras, 64%

Comentários

(13)

Recomendações

(5)
Amanda Fagundes, Advogado
Amanda Fagundes
Comentário · ano passado
Boa tarde, dr!

Primeiramente, meus parabéns pela sinceridade no artigo publicado, todavia tenho que discordar do seu posicionamento.

Quando iniciei na advocacia, em 2013, depois de trabalhar em um escritório como contratada por quase 1 ano, eu também tinha a política de não cobrar pelas consultas [oras, são simples dúvidas!]. Eu acreditava que valia muito mais a satisfação do cliente [cliente?] em ter a consulta gratuita [juntamente com a minha educação e atenção] do que o reflexo de uma profissional mercenária, que cobra para responder uma simples "duvidazinha" rápida.

Acontece, dr., que os meses seguintes me mostraram que não valia à pena.

Primeiro, porque o cliente que tem uma dúvida respondida de graça não valoriza o seu trabalho. Ele vai procurar você para tirar a dúvida, mas não para processar alguém. Para isto ele vai procurar aquele advogado boa pinta, que tem que marcar horário, que cobra a consulta e passa um ar de bem sucedido [ainda que seja o mais safado de todos].

Segundo, porque ninguém quer um profissional gratuito. Essa é a verdade. As pessoas querem e preferem PAGAR!! É aquela coisa, mesmo sabendo que é igual, você prefere um medicamento genérico ou o da marca famosa e mais cara??

Terceiro, porque tem cliente pilantra. Ele te procura só para passar hora, para dizer que esteve com o "seu advogado" e para tirar uma dúvida que ele mesmo sabe que não vai processar ninguém.

Quarto, porque o bom cliente [em sua grande maioria absoluta] PAGA a consulta e ainda te indica!

Quinto e não menos importante, como instituir a política de consulta com "clientes" que já estavam acostumados a não pagar?? "Ahhh, doutor, mas antes o senhor não cobrava..." Ou desagrada antes ou desagrada depois.

Por isso e outras tantas razões que não caberiam aqui eu cobro, cobro e cobro. Nem que seja R$ 50,00. Cobro para não parecer que o meu tempo não é valioso, pois sabemos que para os advogados tempo é dinheiro.

Mas essa é só a minha opinião, creio que o diaadia tem o dom de nos mostrar o que realmente se encaixa em nós.

Abraço e sucesso em sua carreira!!

Perfis que segue

(4)
Carregando

Seguidores

(1)
Carregando

Tópicos de interesse

(15)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Rio de Janeiro (RJ)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Max Ferreira

A. Almirante Barroso, 91 - Rio de Janeiro (RJ) - 20031-005

(021) 2210-72...Ver telefone

Entrar em contato